domingo, 27 de dezembro de 2009

Havia um rapaz cujo irmão era meio tantã...


Havia um rapaz cujo irmão era meio tantã. Certo dia, ele estava se arrumando para sair com a namorada, quando o irmão pergunta:
On ce fai ?
Vou sair com minha garota.
Fô cocê !
Não vai comigo, não !
E a mãe, com aquele enorme zelo pelo filho doente:
Vai levar o seu irmão sim, ele é diferente e precisa de atenção !
O irmão levou-o para o encontro. Chegando lá, conversa vai, conversa vem, ele começa a beijar a namorada quando o irmãozinho diz:
Qué tampém !
Quer o quê ? Beijá-la ?Nem pensar...
E a moça, com pena:
Não tem problema amor, é só um beijinho, ele é doente...
E o xonguinho lasca um beijo na namorada do irmão...
No outro dia:
On cê fai ?
Dar uma volta com minha namorada... -
Fô cocê !
Não, hoje !não...
E a mãe...
Ah, meu filho, leva seu irmão, ele é doente.
Então o irmão, impaciente, leva-o para sair de novo... E no meio da
bagunça, o menino vê seu irmão bolinando os seios da namorada...
Qué facê tampém !
Nem pensar ! Não, não e não !
E a namorada:Só um pouquinho, meu bem, ele é doentinho.
E o tantã mete as mãos no seio da moça...
No outro dia, enfurecido, o irmão se arruma para sair com a namorada, quando:
On cê fai ?
vou dar o cú, tá ?
Então tá, mais fê se num demola !

Nenhum comentário: