sexta-feira, 22 de junho de 2012

Ria se puder... piadas da playboy


A penitência

Um jovem vai à igreja se confessar:

- Padre, eu toquei nos seios da minha namorada.
- Você tocou por cima ou por baixo da blusa dela?
- Foi por cima da blusa dela, Padre.
- Mas tu é muito babaca mesmo! Por baixo da blusa a penitência é a mesma.

(Publicado na Revista Playboy – julho de 2008)


O marido do antes que comece
O marido olha pra esposa e diz pra ela:
- Rápido, me traga uma cerveja antes que comece!
A mulher não entende, mas traz a cerveja.
Depois de terminar a lata, ele diz de novo:
- Rápido, me traga outra cerveja, já está quase começando!
Ela fica confusa, mas traz a cerveja.
O cara termina a segunda lata e diz:
- Vai, rápido, me traga mais uma, vai começar a qualquer momento!
E a mulher revoltada:
- Ah, chega! Que merda é esta?! Você está aí todo folgado, chega e nem me fala oi, não levanta esta bunda gorda daí e acha que vou ficar trazendo cerveja pra você igual uma escrava?
O cara suspira e revira os olhos:
- Pronto, já começou!

(Publicado na Revista Playboy – julho de 2008)


O pai e a transa da filha

O pai chega em casa e encosta o ouvido na porta do quarto da filha para ouvir o que ela fazia com o novo namorado ali, trancados a chave.
Após o som de murmúrios e beijos, ela escuta a filha dizer: só casando, só casando!
O pai respira aliviado:
“Minha filha só fará sexo depois de se casar, a eduquei muito bem”, pensa.
E continua ali na porta, por via das dúvidas. Sua filhinha parece irredutível.
Agora ela berra:
- Só casando, só casando!
O pai agradece aos céus pela menina pura e aliviado, vai fumar um cigarro na sala e assistir ao futebol.
Pouco depois, a filha aparece.
- Pai! Nem vi que o senhor estava em casa. Deixe eu apresentar meu novo namorado, o Zando.

(Publicado na Revista Playboy de abril de 2008)


Velhinhos bêbados e assanhados

Dois velhinhos enchem a cara e decidem ir para um prostíbulo. Lá, a cafetina olha bem para os dois e chama a sua gerente:
– Vá aos dois primeiros quartos e coloque uma boneca inflável em cada cama. Esses dois estão velhos e bêbados que não vão notar a diferença. Não vou gastar minhas meninas com eles. A gerente cumpre as ordens e os dois coroas vão para os seus respectivos quartos. Mais tarde, no trajeto de volta para casa, um deles comenta:
– Acho que a mulher que estava comigo estava morta!
– Morta? Por que você acha isso?
– É que ela não se moveu e não falou nada enquanto eu fazia amor com ela.
– Podia ter sido pior – diz o outro – Eu acho que a minha era uma bruxa!
– Uma bruxa?!
– Bem, é que eu estava nas preliminares e dei uma mordida na bunda dela. Aí ela deu um pum bem na minha cara, saiu voando pela janela e ainda por cima levou a minha dentadura!

(Publicado na Revista Playboy de abril de 2008)

Vídeo: Humor - Briga por Batata Frita (comercial)

Nenhum comentário: