sábado, 21 de julho de 2012

Quando você acha que as coisas podem piorar...


Os tempos de glória do velho touro já vão longe. Um belo dia, chega à fazenda um touro jovem, que se põe imediatamente em ação. O touro velho, pastando nas redondezas, começa a bufar e a escavar o chão com o casco.
 — Não adianta — diz o fazendeiro para o animal — Você está velho demais pra essas coisas.
 — Eu sei — responde o touro, de cabeça baixa — Só não quero correr o risco de ser confundido com uma vaca!


O Touro Reprodutor



Um caboclo tinha como único patrimônio um touro, que era o maior reprodutor da região. Os fazendeiros locais alugavam o bicho parar "cobrir" suas vacas. Maravilhados com a eficiência do animal, decidiram comprá-lo, mas o caboclo pediu uma grana absurda.
Os fazendeiros não aceitaram a proposta e foram se queixar ao prefeito da cidade. Este, sensibilizado com o problema, resolveu comprar o animal com o dinheiro da prefeitura, pagando uma fortuna, e registrá-lo como patrimônio municipal.
Para comemorar, os fazendeiros e a prefeitura fizeram uma festa imensa na cidade. Chamaram autoridades do estado, técnicos do governo, especialistas em pecuária e trouxeram suas vacas para o touro cobrir.
Tudo pronto, colocaram o bicho num curral especial e trouxeram a primeira vaca. O touro se aproximou preguiçosamente, deu uma cheirada e virou-se para o outro lado.
— Deve ser culpa da vaca — disse um fazendeiro. — Ela é muito magrinha! Na outra ele vai mandar ver...
Trouxeram outra vaca, uma holandesa, a mais bonita da região. O touro cheirou a vaca e nada. Preocupado, o prefeito chamou o caboclo e lhe perguntou o que estava acontecendo.
— Não sei... — disse o caboclo. — Ele nunca fez isso antes! Deixa eu conversar com o touro...
E o caboclo, aproximando-se do bicho, perguntou:
— O que há com você? Não tá mais a fim de trabalhar?
E o touro, dando uma espreguiçada:
— Ahhhh, não enche o saco! Agora sou funcionário público!

Nenhum comentário: