sábado, 13 de dezembro de 2014

No boteco...

No boteco...

Eder levanta seu copo de cerveja e brinda: Gosto tanto de sexo que eu quero passar o resto da minha vida  entre as pernas da minha esposa.
Isto lhe rendeu o prêmio máximo no boteco para o melhor brinde da noite!

Voltou para casa e disse à sua esposa: Maria, eu ganhei o prêmio para o "Melhor Brinde da Noite".


Parabéns! E qual foi o brinde?

Sem coragem de contar a verdade, ele falou: Eu brindei: "Quero passar o resto da minha vida na igreja, sentado ao lado da minha mulher".
Puxa, isso foi realmente muito bonito!

No dia seguinte, Maria encontrou um dos amigos de Eder, que riu furtivamente e disse: Sabe, dona Maria, que o Eder ontem ganhou o prêmio de melhor brinde da noite? E o brinde foi sobre você...

Sim, ele me contou e eu fiquei surpresa, pois ele não é muito chegado no assunto. Desde que casamos ele só esteve lá uma vez ... Ele custa pra entrar, só entra meio contrariado, e na última vez ele caiu no sono antes da "bênção final".


Se ferrou...

Nenhum comentário: